Ouro e Prata: para viajar com o seu cachorro

Seguem abaixo as informações extraídas do site da Viação Ouro e Prata sobre o transporte de cães em seus ônibus, fiquem atentos pois eles têm regras diferentes para o transporte dentro do Estado e para fora do Estado e estas informações são importantes já que as leis valem para todas as empresas. A principal diferença é que para viajar dentro do estado do Rio Grande do Sul com o seu cachorro não é preciso apresentar o atestado de saúde emitido por um veterinário, enquanto que para viajar para fora do estado é obrigatório. 

Transporte de Animais nas linhas Intermunicipais (RS)
O transporte de animais nas linhas intermunicipais é permitido, desde que de acordo com as disposições legais e regulamentares. Devem ser seguidas as seguintes determinações:

- Aos proprietários de animais domésticos de pequeno porte fica assegurado o direito de transporte dos animais nas linhas intermunicipais regulares;

- Para os efeitos desta Lei são considerados animais domésticos os cães e gatos de até 8 (oito) Kg;

- Fica limitado o transporte de até 2 (dois) animais domésticos, prevalecendo o direito para aqueles que primeiramente pagarem a tarifa;

- O transporte de cada animal será realizado mediante o pagamento de 50% (cinqüenta por cento) do valor da passagem;

- No embarque deve ser apresentado o atestado médico veterinário, declarando boa condição de saúde do animal;

- O animal deve estar em dia com a vacinação, conforme caderneta própria;

- O animal deve, obrigatoriamente, estar sedado durante a viagem;

- O animal deve ser transportado de modo a não causar desconforto ou transtorno para outros usuários. Seu transporte deve ser feito em embalagem padrão;

- O não cumprimento de qualquer dispositivo deste regulamento acarretará a recusa, pela transportadora, de embarque e transporte do animal.

Para mais informações clique aqui.


Transporte de Animais nas linhas Interestaduais
O transporte de animais nas linhas interestaduais é permitido, desde que de acordo com as disposições legais e regulamentares. Devem ser seguidas as seguintes determinações:

- O animal deve estar em dia com a vacinação, conforme caderneta própria.

- O animal deve ser transportado de modo a não causar desconforto ou transtorno para outros usuários. Seu transporte deve ser feito em embalagem padrão.

- O trânsito de cães e gatos fica dispensado da exigência da GTA (Guia de Transporte Animal); para esse trânsito, os animais deverão estar acompanhados de atestado sanitário emitido por médico veterinário devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária da Unidade Federativa de origem dos animais, comprovando a saúde dos mesmos e o atendimento às medidas sanitárias definidas pelo serviço veterinário oficial e pelos órgãos de saúde pública, com destaque para a comprovação de imunização anti-rábica.

- Para mais informações acesse o link:
http://extranet.agricultura.gov.br/sislegis-consulta/consultarLegislacao.do?operacao=visualizar&id=17165

Leia Também:
Itapemirim: Regras para viajar com o seu cão
Unesul, viajando com o seu cachorro

6 comentários:

Anônimo disse...

GOSTARIA DE SABER SE TEM MEDIDAS EXATAS PARA O TAMANHO DO CACHORRINHO.

Cão Gaudério disse...

As medidas devem variar se a pessoa comprar um ou dois assentos a mais. Se for no colo deve ser bem pequeno, tipo mini. Para transportar no banco ao lado a caixa deve caber no banco e no caso de dois assentos caber nos dois bancos, sempre respeitando o limite de peso. O ideal é ligar para a emprese e pedir as medidas para evitar surpresas no dia da viagem. Essa é uma dica que vale para todos SEMPRE que for viajar com o seu animal planeje com antecedência pois as regras variam de um empresa para outra assim como as exigências.

Angelica Brito Dutra disse...

a MINHA CACHORRINHA TEM TODAS AS VACINAS,SÓ QUE LE RASGOU A CARTEIRA DE VACINAÇÃO DELA,COMO VOU COMPROVAR QUE ELA NÃO TEM PROBLEMA ALGUM?

Cão Gaudério disse...

Olá Angelica,

As vezes nossos peludos nos pregam cada peça. Uma possível solução para o seu caso seria ver com o veterinário dele se ele não tem como atestar que as vacinas foram tomadas.

Aproveito para deixar uma dica, fotografe ou tire uma xerox da carteira de vacinação do seu cão, pois podemos perdê-la, ser assaltados, nosso cão pode rasgar etc. Para quem gosta dos aplicativo de celular tem o Mypets que tem um carteira de vacinação virtual, vã você fotografa os rótulos da vacina com as marcações, é um forma de guardar e ter sempre a mão a carteira de vacinação, assim só precisaríamos sair com a original no dia de tomar vacina.

Anônimo disse...

Tenho um casal de cachoros da raça pinscher número 2 ,cada um pesa 2 kl .vou viajar pra um lugar distante. E nos regulamentos diz que é pro cão viajar no bagageiro e sedado.mas o sedativo só dura 3 horas.. Gostaria de saber se eles podem ir em baixo da minha poutruna ou se eu posso comprar uma poutrna so pra eles..ja que a viagem é muito distante, pra que eu possa dar o sedativo de Três em três horas..

Cão Gaudério disse...

Olá Anônimo, neste caso a melhor opção é ligar para a empresa de ônibus e ver exatamente como funciona a regra e o que pode ser feito, trazemos a regra geral da empresa, mas casos específicos só poderão ser esclarecidos por eles.

Postar um comentário

No caso de críticas a produtos ou serviços das postagens não publicaremos comentários anônimos, pois caso a empresa ou pessoa que seja criticada entre em contato conosco precisamos saber quem foi o responsável.